Esporte Pedreira

15/02/2016 - 3 anos atrás

O jogo entre Família Marinelli x Família Semioni

Aqui foi o pontapé inicial do ESTRELINHA no futebol pedreirense

Na foto temos, da esquerda para direita, JOSE BENEDITO MARINELLI, o ti, vivia para os amigos e em função de seu time de futebol. ZINHO, grande primo paulista que tinha um enorme prazer em jogar com os primos. ZELINDO MARINELLI, inteligente, de grande coração, era o tocador de saxofone do time, amava a família como ninguém. SEBASTIÃO MARINELLI, grande compadre, sempre defendeu a família, grande jogador de futebol, trabalhador, um grande amigo irmão. JOÃO MARINELLI, este é meu Pai, aos 85 anos tenho enorme prazer em conviver com ele, amo demais este cara. ANTONIO MARINELLI, o risadinha, sempre feliz, contagiando as pessoas com seus risos, um grande motorista. MAXIMINO MARINELLI, o meu grande avô, o qual convivi muito tempo com ele, era fã do almoço que minha avó OLIVIA preparava com todo carinho para levar no sitio da família BARBIN. OSVALDO MARINELLI, grande homem, chegava a tarde em sua casa me chamava para comer aquela sopa especial que só minha tia LINDA sabia fazer. JOSE IGNÁCIO MARINELLI, grande ZÉ, dava até gosto de ver ele conversar com o RUBINHO POLICARPO, dois intelectuais conversando, que não tiveram a oportunidade que os jovens de hoje tem, se tivessem, seriam hoje grandes Doutores com certeza. VALTER MARINELLI, meu ponta esquerda favorito, jogava de ponta como ninguém, defendeu o juvenil do SANTA SOFIA, hoje um grande amigo e amante da ADC SANTANA. FRANCISCO MARINELLI, grande tio QUICO, como todos os chamava, inteligente, viveu a vida em função da família, quando a esposa ficou doente, chegava a tarde do trabalho, do forno de pedra da SANTANA, que era uma dureza, se banhava e ia direto para o hospital, dormia com a esposa e no outro dia cedo rumava para o trabalho do hospital mesmo. DOMINGOS MARINELLi, tio nico, grande tio nico, trabalhador, o querido dos irmãos. Ah, ainda está faltando meu TIO ALCEU, que naquele dia estava trabalhando na RODIA e não pode participar do jogo, grande homem também, forte na fé e no amor.

Todos desta foto trabalhavam na SANTANA, admiravam muito o seu HORÁCIO VELHO, diziam que ele conhecia quando o fogo do forno estava bom pela fumaça que saia do chaminé.

É gente que amo de mais e que nunca saiam do meu coração! (Por Roberto Marinelli)

(segundo Roberto Marinelli, foi deste jogo que se iniciou a história da equipe ESTRELINHA no esporte de Pedreira)
__________________

Caso o Amigo internauta tenha uma história do esporte pedreirense para contar, envie para nós juntamente com uma foto relacionada a história que teremos o maior prazer e orgulho em divulga-lá. Envie para o email: contato@esportepedreira.com.br

Comente e participe:


Memórias

Patrocinadores:

Patão Carnes e Festas

 

Decalcomanias Mayer

 

Portuga Lanches

 

Sorveteria É D+

 

 

Esporte Pedreira

contato@esportepedreira.com.br

© Todos os direitos reservados - Esporte Pedreira 2018

Compartilhe:

© Todos os direitos reservados - Esporte Pedreira 2018